Jovem sofre estupro coletivo e é tatuado à força em Florianópolis

Três homens são suspeitos de agredir rapaz na região central da Capital catarinense; vítima está em estado grave


Um crime bárbaro contra homossexuais foi registrado nesta segunda-feira (31) em Santa Catarina. Segundo informações da polícia, três homens teriam estuprado um jovem, de aproximadamente 22 anos, além de inserir objetos no ânus dele e tatuá-lo a força. O caso brutal ocorreu em um bairro da região central de Florianópolis.

De acordo com informações obtidas pela reportagem junto à DPCAMI (Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso) da Capital – para onde inicialmente o caso foi encaminhado -, o rapaz foi jogado na rua e agredido com objetos cortantes. Após a violência, ele foi encaminhado ao hospital em estado grave.

s razões do crime não foram divulgadas. No entanto, a DPCAMI acredita que a motivação tenha relação com a orientação sexual do jovem, já que os agressores tatuaram a vítima com palavras homofóbicas.

A investigação foi encaminhada à 5ª Delegacia de Polícia da Capital e as diligências acontecem sob sigilo.