Universidade de Oxford começa a testar nova vacina contra HIV em humanos


Na segunda-feira (5), a Universidade de Oxford, no Reino Unido, iniciou os testes em humanos para o desenvolvimento de uma nova vacina contra o HIV. Na Fase 1 da pesquisa contra o vírus da AIDS, o objetivo é verificar a segurança, a tolerabilidade e a imunogenicidade do imunizante HIVconsvX contra uma diferente gama de variantes do agente infeccioso.




Através do estudo HIV-CORE (European Aids Vaccine Initiative), os pesquisadores buscam uma vacina que seja aplicável contra diferentes cepas do HIV, o que permitiria o seu uso, teoricamente, em qualquer região do globo. Para isso, 13 adultos saudáveis, negativos para a infecção viral, com idades entre 18 e 65 anos e que são considerados sem alto risco de infecção, receberão uma primeira dose da vacina. Após quatro semanas, terão acesso a uma dose de reforço.